Noticias

27/08/2019Padre Flávio José detalha a Conversão de Santo Agostinho

A Conversão, detalhada pelo padre Flávio José de Medeiros Filho (padre Flavinho como é carinhosamente conhecido), tendo como tema A Inquietude de Santo Agostinho e sua Atualidade Antropológica, foi o ponto principal da celebração eucarística, que marcou o segundo dia, das comemorações alusivas ao co-padroeiro da Paróquia de Santo Afonso Maria de Ligório.
Outro momento de muito emoção foi o recebimento, pelo padre Matias Soares, da imagem de Nossa Senhora Educadora, repassada pela Comissão de Educação da Arquidiocese de Natal, pelo pioneirismo da Paróquia, na implantação da Pastoral da Educação, ato coordenado pelo diácono Márcio Azevedo, após a cerimônia litúrgica, na noite dessa segunda-feira, 26.
Participaram da missa o padre Matias Soares, os diáconos João Batista, Eugênio Lima e o Coral de Santo Afonso. Todos os noiteiros receberam os agradecimentos do pároco e uma lembrança marcando  o evento. Em seguida, aconteceu a parte social dos festejos, com uma animada quermesse em frente a igreja.

Depois de agradecer pelo convite e de relembrar os antigos vínculos, de amizade e gratidão, com a paróquia, o padre Flávio José iniciou a pregação, destacando as virtudes e trajetória de Santo Agostinho, na caminhada ao encontro de Cristo. O sacerdote é Cerimoniário da Diocese de Roma na Basílica Papal de São Pedro no Vaticano.

 Ele lembrou que, em um congresso, o Cristianismo foi reconhecido por levar o Ocidente a pensar, através dos ensinamentos de Agostinho, que se tornou Doutor da Igreja. As virtudes literárias foram também citadas, bem como toda a peregrinação na busca de uma resposta ao anseio da condição humana, para encontrar a Cristo e a si mesmo. Padre Flávio falou também sobre a aproximação de Agostinho, com a Palavra de Deus, através das Cartas de São Paulo, destacando a Carta aos Romanos.

Detalhando a força dos ensinamentos de Santo Agostinho, o pregador lembrou até o então todo poderoso Napoleão Bonaparte que, preso, após a derrota em Waterloo, passou a ler os escritos de Santo Agostinho e a acreditar em Jesus Cristo: A diferença é o Infinito. Desafio quem mostrar algo superior ao Evangelho de Deus. Finalizando, enfatizou a obstinação de Agostinho,contra o orgulho e a presunção e a convicção dele na força do amor e do convertimento.

Fotos  - Aluízio Jr e Eloi Cirne (agentes da Pascom).
Texto - José Flamínio (agente da Pascom)

Fotos





Paróquia Santo Afonso
Av. Santos Dumont, S/N, Mirassol, Natal-RN afonsinforme@gmail.com
Tel: 84 3615-2855
September 16, 2019, 7:22 pm

kflauber@gmail.com