Noticias

13/01/2018DE BRAÇADA EM BRAÇADA

De braçada em braçada

  Desde que aprendi a diferença entre o preto e o branco estou imersa na água e nos seus encantos. Tudo começou com a iniciativa dos meus pais para que eu pudesse aprender a nadar e também a familiarizar-me com aquele monte de gotas acumuladas.

  Posso lembrar-me perfeitamente da alegria dos primeiros passos (ou melhor, braçadas) na água. Aquela fluidez abraçava meu corpo e sentia a plenitude de entregar-me e sentir-me confortada pela suavidade dos movimentos. O tempo foi passando e a coisa, repentinamente, ficou séria. Passei a competir natação e entrei definitivamente para o mundo dos esportes.

  Nossa, os treinos mais intensos, as emoções das competições, as alegrias das viagens, as amizades com a turma, as broncas, os desentendimentos (e entendimentos também)... Um misto de sensações e descobertas que pude viver ao longo do tempo, ao lado de tantas pessoas.

  Muitos atrelam ao esporte o significado da palavra disciplina. É uma grande verdade, mas hoje podemos percorrer outra palavra: desafio. Segundo o dicionário, desafio significa motivar alguém para realizar algo além de suas competências ou habilidades. Que empolgante, não acha?

  O fato é que nesta cidade, neste país, neste mundo há pessoas que praticam esportes e por si só já vivem toda a essência do desafio de ser melhor a cada treino e há pessoas que não praticam esportes, entretanto são verdadeiros desafiantes. Desafiantes da vida!

  Quero conversar com você que me ouve aí do outro lado. Francamente, independente dos seus hábitos, viver com verdade e buscando incansavelmente ser melhor do que ontem é o maior desafio que todos temos. Normalmente o final do ano é um período reflexivo, para aquela avaliação do que podemos melhorar. Essa parte já passou, não é mais motivo para perda de tempo.

  Agora estamos no novo ano, tempo de concretizar o que planejamos anteriormente. Os desafios estão por toda a parte para serem desbravados por nós. O tempo de fazer diferente chegou! Pode até ser o momento de impulsionar no esporte e mexer o esqueleto, a motivação não importa. O que vale é ser melhor do que ontem!

Raquel Souza Dias.

Fotos





Paróquia Santo Afonso
Av. Santos Dumont, S/N, Mirassol, Natal-RN afonsinforme@gmail.com
Tel: 84 3615-2855
April 24, 2018, 1:32 am

kflauber@gmail.com