Eventos

31/07/2019Padre Lenilson prega sobre Santidade e Vida Cristã, no Novenário da Festa de Santo Afonso

O tema - A Santidade é a Idade Adulta da Vida Cristã -  é belo, exigente e desafiador, inspirado pela Exortação Apostólica Gaudete Et Exsultate, do Santo Padre Francisco. Durante todos esses dias, muitas reflexões foram realizadas nessa festa e vou tentar colocar mais uma. Com essas palavras, padre José Lenilson de Morais iniciou a pregação na VIII Noite do Novenário, da Festa de Santo Afonso Maria de Ligório, na celebração dessa noite 30 de julho de 2019.
O pregador é o pároco da Paróquia de SantAna e São Joaquim, em São José do Mipibu.
Após o ato litúrgico, foi iniciada a parte cultural dos festejos, com a apresentação do Coral da Caixa Econômica Federal, constituído por empregados e aposentados da CEF. Três peças eruditas foram apresentadas, merecendo calorosos aplausos dos paroquianos que lotaram a nave centre da matriz.


HOMILIA

Na homilia, o sacerdote enfatizou que a Santidade é um caminho que só alcançamos se caminharmos juntos, com tem dito o Santo Padre Francisco. Tudo começa com o Batizado e nunca está acabado, por isso, nenhum santo se declarou santo, mas, buscava a Santidade, através do conhecimento do Evangelho, da Penitência e da Eucaristia.

 Sem o Evangelho não existe vida cristã, nem Santidade e se precisa de tempo e maturidade para se chegar à Santidade, numa busca cotidiana e muito empenho. Devemos tirar o joio interior que conduzimos, antes de olhar o joio do outro. O Santo não pode ser confundido com alguém que se apresenta como modelo. O santo é simples,  não que ser referência , nem elabora estratégias para alcançar a Santidade e citou Moisés, que foi Santo apesar de não ser lembrado no mundo ocidental, disse o sacerdote, que   fez uma ilação com a Santidade,  Moisés e a Cruz de Cristo.

Ele discorreu ainda sobre a Santidade e a Misericórdia e que a plenitude da revelação só se deu com o Cristo. Falou sobre o Capítulo  20, 7, do Levítico, sedes Santos e do  Sermão da Montanha, Mateus, Capitulo 5. As  Bem aventuranças de Jesus, foram destacadas, enfatizando que o cristão precisa ser o sinal do mundo. As parábolas  de misericórdia também foram citada , em Lucas, 7,36,  o Perdão gera o Amor.

Padre Lenilson  lembrou que  precisamos ter misericórdia para os irmãos sofredores e que não podemos ser indiferentes  a ales e destacou  que os escritos de São Paulo VI- Gaudete in Domino, são parecidos com os do Papa Francisco e finalizou conclamando a todos que não desanimem: se você cair, se levante, não desanime, com essas palavras quero sintetizar toda a minha homilia, finalizou o sacerdote.

Agradecimentos

Ao agradecer aos convidados, padre Matias Soares  lembrou a caminhada com fez com o padre Lenilson, desde o Seminário Menor aos estudos superiores, de Filosofia e Teologia e da afinidade que ambos cultivam, alicerçadas durante muitos anos.

Texto e Imagens - José Flamínio e Aluízio Jr (agentes da Pascom)

Fotos





Paróquia Santo Afonso
Av. Santos Dumont, S/N, Mirassol, Natal-RN afonsinforme@gmail.com
Tel: 84 3615-2855
October 18, 2019, 6:29 am

kflauber@gmail.com