Notícias

16/01/2019Papa: para um cristão rezar é dizer - Abbà - com a confiança de uma criança

+ mais

Ver as últimas notícias

05/01/2019
Comunidade paroquial aguarda chegada do novo pároco, Padre Matias Soares

 Toda comunidade do conjunto Mirassol e área paroquial está ansiosa pela chegada do novo pároco, Padre Matias Soares, que receberá a Posse Canônica em missa solene na noite dessa segunda-feira (07/01/19), às 19 horas.

"Estou com o coração esperançoso para assumir a futura missão pastoral à frente da paróquia de Santo Afonso. É uma paróquia com um histórico de protagonismo pastoral, não só internamente, como também com serviços que fortaleceram a ação evangelizadora na própria Arquidiocese. 
Já rezo por cada fiel, nas missas diárias, e acredito que, como paróquia que vive a comunhão e a missão, poderemos testemunhar com as nossas vidas a Alegria do Evangelho. Deus os abençoe pela intercessão de Santo Afonso e Santo Agostinho!", escreveu o Padre Matias, em uma rede social.

Caravanas do Interior

A nossa paróquia recebeu confirmação da vinda de caravanas das paróquias do interior, que tiveram a atuação de Padre Matias, dentre elas, Paróquia de Nova Cruz e São José de Mipibu.


27/12/2018
Mons Lucas é homenageado em noite festiva de despedida

MONSENHOR LUCAS BATISTA CONCLUI MISSÃO NA PARÓQUIA DE SANTO AFONSO

Depois de 12 anos a frente da Paróquia de Santo Afonso em Natal(RN), Monsenhor Lucas Batista anuncia que está concluindo sua missão na comunidade. Nesta semana, dia 26, durante evento festivo no espaço Versailles Lucas foi homenageado por lideranças políticas, comerciais e religiosas. 

Gratidão, fé, alegria e humildade. Essas foram as palavras pronunciadas por todos que participaram de um jantar oferecido ao Monsenhor Lucas e que contou com a presença de seus familiares. 

Para Monsenhor Lucas uma das tarefas mais gratificantes à frente da paróquia foi a dedicação às famílias não somente da paróquia, mas de toda região. “Deixo as incumbências da paróquia, mas como sacerdote não estarei aposentado. Portanto, podem me usar. Eu estou à disposição para servir a todos vocês e suas respetivas famílias”, destacou o líder espiritual.

A frente da Paróquia de Santo Afonso, Monsenhor soube também conciliar, de maneira extraordinária, o ensinamento da igreja, valorizando o trabalho de cada um nas pastorais e serviços como um dom espiritual a favor das pessoas e reuniu em um só rebanho todos aqueles da comunidade, independente de classe social ou nível intelectual. Lucas conduziu com maestria apostólica dos grandes líderes da igreja católica estes ensinamentos como um sacerdote dedicado, desprendido, acolhedor e sempre disponível para estender as mãos e ouvir as palavras de que precisa dele.

Em suas palavras finais, ele destacou os sentimentos de saudade e alegria. Saudade das atividades diárias que sempre mantiveram apertada a sua agenda de trabalho e serviço e a alegria de saber que está a disposição de todos como Pároco Emérito.

BIOGRAFIA – MONSENHOR LUCAS BATISTA NETO

Lucas Batista Neto, nasceu na cidade de Caicó, há 23 de junho de 1943. Filho do casal João Lucas de Medeiros, que exercia a profissão de barbeiro e Julieta Cristina de Araújo, costureira. Através deles foi gerada uma prole de 13 filhos.

Sua primeira comunhão, na Igreja de São José, no Caicó, há 23 de junho de 1951. Crismado na Catedral de Santana de Caicó, no dia 07 de outubro de 1951 por D. José de Medeiros Delgado, primeiro Bispo de Caicó. 

Fez o curso primário no Grupo Escolar Senador Guerra. Tendo dado entrada no Seminário Santo Cúria DARS, em Caicó no dia 04.02.56 e recebido batina em 08.08.56 e logo em seguida tendo sido aluno do Ginásio Diocesano Seridoense.

Saindo de Caicó, foi aluno do Seminário São Pedro, em Natal e do Seminário Regional do Nordeste em Recife(PE), fazendo neste último os cursos de Filosofia e Teologia.

Recebeu Tonsura Clerical em 03 de março de 1968, na Capela do Seminário de São Pedro, em Natal, ministrada pelo então Arcebispo D. Nivaldo Monte. As ordens menores de Ostiário e Leitor, no dia 23 de Maio de 1968, na Catedral de Olinda/PE, ministrada pelo Arcebispo Dom Hélder Câmara. Ordens de Exorcista e Acólito, em 26 de julho de 1968, na Catedral de Caicó, oficiadas pelo Bispo Diocesano D. Manoel Tavares de Araújo. Recebeu a ordem de subdiácono em 13 de abril de 1969, na Catedral Metropolitana de Natal por D. Nivaldo Monte.

Diácono no dia 04 de janeiro de 1970 na Matriz Nossa Senhora de Lourdes em Petrópolis por D. Nivaldo Monte. Há 20 de fevereiro de 1970, foi nomeado coordenador da pastoral, na Paróquia de Pendências. Ordenado sacerdote em 26 de setembro de 1970, na Igreja Matriz de São Pedro no Alecrim em Natal, pelo Arcebispo Dom Nivaldo Monte.

Sua primeira missa foi celebrada há 27 de setembro do mesmo ano, na Catedral de Nossa Senhora da Apresentação e no dia 03 de outubro na Catedral de Santana em Caicó.

Primeira nomeação em 09 de outubro do mesmo ano, para vigário cooperador das paróquias de Macau, São Rafael, Pendências e Ipanguaçu, todas no Rio Grande do Norte.

Em Natal, no mês de abril de 1972, foi nomeado vigário cooperador das paróquias de N. S. da Apresentação e N. S. das Graças e Santa Teresinha. Foi nomeado Diretor do Instituto de Teologia Pastoral – ITEPAN, pertencente à Arquidiocese de Natal, tendo assumido em 30 de janeiro de 1973 e Coordenador do Ensino Religioso no Estado do RN.

No mês de junho de 1975 viajou a Europa como peregrino do "Ano Santo". Em junho de 1978 seguiu para fazer um Curso de Pastoral, durante um ano e 6 meses. Neste período foi aluno do Seminário Pio Brasileiro e da Pontifícia Salesiana em Roma – Itália.

Há 02 de janeiro de 1980 foi provisionado Pároco-Ecônomo da Paróquia de N. S. das Graças e Santa Teresinha, no Tirol, em Natal. Nomeado em 29 de maio de 1980 Coordenador da Comissão Arquidiocesana de Catequese. Mons. Lucas foi o 6º pároco da Santa Teresinha em Natal. Concluiu o Curso de Filosofia na UFRN, antes prestando exames de todas as disciplinas do curso de filosofia na Universidade Federal de Santa Catarina. 

Em janeiro de 1990, na cidade de Montevideo, no Uruguai, participou de um curso de 30 dias sobre Bíblia e Catequese, promovido pelo CELAM (Conferência Episcopal Americano).

Em 29 de novembro de 1991, o Santo Padre João Paulo II, lhe concedeu o título de Monsenhor Capelão de Honra. Há 17 de fevereiro de 1994, o Arcebispo de Natal, Dom Heitor de Araújo Sales, incluiu o Mons. Lucas Batista Neto no número dos Vigários Episcopais da Arquidiocese de Natal, para o grande Natal.

No dia 04 de dezembro de 2006, Monsenhor Lucas assumiu como administrador paroquial a paróquia de Santo Afonso Maria de Ligório, no bairro de Mirassol em Natal/RN onde conclui seu mandato nesse dia 30 de dezembro de 2018.

A partir de 31 de dezembro de 2018 torna-se Pároco Emérito da Paróquia de Santo Afonso Maria de Ligório.

Matéria – Guto de Castro – Agente da Pascom
Fotos – Aluízio Filho – Agente da Pascom


24/12/2018 Caravana Amor Fraterno realiza Ação Solidária em comunidades do município de Pedro Velho
21/12/2018 Conheça um pouco da história do nosso novo pároco, Padre Matias
20/12/2018 Arcebispo nomeia Padre Matias Soares, pároco de Santo Afonso
Ver todas

Eventos

07/01/2019Padre Matias Soares é o quinto pároco da Paróquia de Santo Afonso

Nessa noite de segunda-feira, 07 de janeiro de 2019, nossa Paróquia de Santo Afonso Maria de Ligório, no conjunto Mirassol, acolheu o Padre Matias Soares como 5º pároco, em Missa Solene na Igreja Matriz de Santo Afonso.

A Concelebração Eucarística na qual aconteceu a posse do padre Matias Soares, nomeado pároco da paróquia foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano da Arquidiocese de  Natal, Dom Jaime Vieira Rocha e concelebrada pelo Arcebispo Emérito Dom Matias Patrício de Macedo mais vinte e cinco presbíteros, vindos de várias regiões do Estado e até da vizinha Paraíba. Também presentes, diáconos, seminaristas, religiosas, agentes de pastoral e grande comunidade de fiéis onde foi feito a provisão canônica do novo pároco. 

O Padre Matias fez seu juramento de fidelidade e renovou as promessas batismais, depois foi conduzido pelo Arcebispo Dom Jaime a cadeira presidencial, capela do Santíssimo Sacramento, ao batistério e confessionário, como prescreve o pontifical romano.

Em seguida deu-se continuidade no rito da Santa Missa.

Na homilia Dom Jaime se referiu que todo poder na Igreja é serviço, e que Cristo é o modelo de serviço de todos. 

Padre Matias Soares fala à comunidade de Mirassol

Em sua primeira fala, como pároco de Santo Afonso, Padre Matias, iniciou agradecendo ao Arcebispo Dom Jaime, pela confiança a ele depositada, em assumir a paróquia de Mirassol e prometeu ser um verdadeiro servidor a toda comunidade.

O novo pároco confessou que havia preparado um texto, mas a pedido de um irmão, decidiu: "Prefiro falar com o coração.... porque quem me conhece sabe, eu não falo daquilo que não acredito".

Dirigindo-se ao presbitério presente, destacou estar muito feliz! "Feliz mesmo", com a presença de todos, disse o padre; e fez questão de citá-los nominalmente, um-a-um, destacando alguns mais próximos de sua vida sacerdotal: 
Padre Fabiano - "fiquei surpreso com a sua presença, meu contemporâneo do Curso de teologia em Roma, hoje pároco em Acari, da Diocese de Caicó; 
Padre Aerton, pároco de Nova Cruz, que teve o prazer de conviver esses dois meses que antecederam sua vinda para a paróquia de Mirassol - "foi um grande irmão";
Padre Valtair "foi vigário paroquial em São José de Mipibu, foi tâo bom a nossa experiência";
João do Bispo (referindo-se ao Diácono paroquial João Batista), "você terá seu lugar de servir";
Padre Paulo, vigário geral episcopal - "irmão de longas datas";
Padre Robério - "fui coroinha dele lá em Nova Cruz, que me procurou ajudar para que eu errasse menos";
Padre José Lenilson, pároco de São José de Mipibu - "entramos juntos no seminário, no mesmo dia. Éramos dez e sobraram nós dois". 

O pároco também agradeceu a presença de todos os diáconos, seminaristas, religiosos presentes, e aos ex-paroquianos de Lagoa de Pedra, Serrinha - "foi a minha primeira paróquia", e ex-paroquianos de São José de Mipibu e Nova Cruz.

Também alegrou-se em tomar posse no dia do aniversário de sua mãe Leonice Soares, presente na celebração.

Padre Matias deixou um agradecimento muito especial a Monsenhor Lucas, "que será muito bem vindo em nossa paróquia e em nossa comunidade". Também deixou seu agradecimento a Padre Sávio, que prestou serviços à paroquia até o final do ano passado.

O Pároco Padre Matias disse que veio para unir todos em Cristo e caminhar para a uma formação de uma igreja sinodal. 

 A senhora Tânia Trigueiro Costa de Oliveira, articuladora paroquial deu as boas-vindas ao novo pároco, em nome de toda a comunidade, em seguida do Padre Valtair Lira Lucas, coordenador do segundo zonal.

Ao final da celebração foi assinada a Ata da posse pelos bispos e sacerdotes presentes, além dos diáconos, seminaristas e demais presentes.

Dom Jaime agradeceu ao presbíteros presentes, e lembrou que o mais importante para ele nesse momento, é a virtude da paciência, conviver com o pluralismo, com as diferenças, em todos os lugares, em seguida da Bênção Final.

Estiveram presentes, dois Arcebispos, vinte e cinco Padres, oito Diáconos, vários Seminaristas, e um grande número de fiéis, agentes de pastorais, movimentos e serviços de nossa paróquia, além de visitantes de cidades do interior por onde Padre Matias serviu no seu ministério sacerdotal.

Rezemos pela nova missão de nosso Pároco Padre Matias Soares e por essa nova etapa da vida paroquial!

Redação - Eloi Cirne (Pascom)
Fotos: Marcelo e Aluizio Jr (Pascom)

+ mais

Ver os últimos eventos

31/12/2018
Mons Lucas celebra última missa como pároco de Santo Afonso nesse 30 de dezembro de 2018

Coincidindo com a Missa da Sagrada Família, o Monsenhor Lucas Batista Neto concluiu seu paroquiato na noite deste domingo, 30 de dezembro, em missa solene presidida pelo Arcebispo Emérito da Arquidiocese de Natal, Dom Matias Patrício. A celebração contou, ainda, com as participações do Vigário Geral da Arquidiocese, Padre Paulo Henrique, Padre João Medeiros e Padre Jailson, além dos Diáconos João Batista, Eugênio Lima e Hélio Moreira.

Dom Matias, que há 12 anos deu posse ao Monsenhor Lucas como pároco da Paróquia de Santo Afonso Maria de Ligório, em Mirassol, neste domingo veio presidir a sua missa de despedida, quando afirmou que o Monsenhor Lucas continuaria seu percurso missionário, catequético, “de sempre anunciar a palavra de Deus”.

O Padre Paulo Henrique, nomeado por Dom Jaime para representar a Arquidiocese de Natal,  fez a homilia, afirmando que o Monsenhor Lucas estava concluindo seu paroquiato, mas não se despedindo e, fazendo alusão à Missa da Sagrada Família, disse:  “aqueles que nós amamos entram na nossa família e nunca se despedem. Por isso afirmamos ao monsenhor que estamos aqui para agradecer a Deus todo o bem que ele realizou através do Monsenhor Lucas, que agiu como um mediador. Estamos aqui para manifestar nossa gratidão”, frisou.

O Monsenhor Lucas, referindo-se aos 12 anos de seu paroquiato na Santo Afonso, lembrou o Evangelho do dia, que fez alusão ao menino Jesus, aos 12 anos, encontrado pelos pais no templo. Lembrou os padres que o ajudaram nessa trajetória – Pe.Jailson, Pe.Ranyer e Pe.Sávio, os diáconos João ( que o acompanha há 48 anos) e Eugênio e fez referência ao Padre João Medeiros e ao diácono Hélio, “que sempre estão aqui quando solicitados”, além do seminarista Yago Carvalho, sempre presente em suas missas. E concluiu dizendo:“Senhor, abençoai e protegei nossas famílias”.

Ao final da missa, o Vigário Geral da Arquidiocese, Padre Paulo, fez a leitura do decreto de concessão do título de Pároco Emérito ao Monsenhor Lucas Batista, como “reconhecimento pelo frutuoso pastoreio à frente da Paróquia de Santo Afonso Maria de Ligório”, assinado pelo arcebispo metropolitano, Dom Jaime Vieira e pelo Padre Valtair Lira, chanceler.

Ainda tendo em vista as qualidades do Monsenhor Lucas, Padre Paulo também fez leitura da provisão canônica da Arquidiocese, nomeando-o Capelão da Casa da Criança de Morro Branco (Natal). “Dom Jaime pediu para transmitir todo o agradecimento pelo pastoreio do Monsenhor Lucas, seu trabalho e testemunho, não somente nesta Paróquia, mas por todas as paróquias pelas quais passou”, afirmou Padre Paulo.

Outras homenagens foram feitas ao Monsenhor Lucas, como a música composta pelo diácono Eugênio Lima, pela fala de Menezes, da Pastoral do Canto, e pela leitura, perlo seminarista Yago,  do Vicariato da Cidade do vaticano, assinada pelo Padre Flávio José de Medeiros, em reconhecimento ao trabalho do Monsenhor.

O padre João Medeiros, que se referiu ao monsenhor como “grande irmão e amigo”, também prestou sua homenagem lembrando que, em 2006, foi feita uma pesquisa para saber quais os padres mais queridos do Brasil e, no Rio Grande do Norte, o Monsenhor Lucas  e o Monsenhor Américo Simonetti (Mossoró) lideraram as preferências. Dez anos depois, ele conduziu pesquisa idêntica e o resultado foi que Lucas foi escolhido o mais querido novamente, juntamente com Padre Sátiro Cavalcanti Dantas, em Mossoró.

Padre João Medeiros destacou, ainda, o empenho e seu trabalho junto à escola Diaconal e ao Itepam, “instituições tão bem dirigidas por você”, frisou.

Secretária do Monsenhor Lucas, Lucinete Veras, falou em nome das pastorais, afirmando que “durante 12 anos tivemos a felicidade de tê-lo como pároco da Paróquia de Santo Afonso. Por onde o senhor passou, deixou marcas de amor e saudades. Muitas sementes ficarão plantadas em nossos corações. Sua missão foi cumprida”.

Texto - Cione Cruz (jornalista e agente da Pascom)
Fotos - Eloildo e Marcelo (agentes da Pascom)


25/12/2018
Monsenhor Lucas celebra últimas Missas de Natal como pároco

A Paróquia de Santo Afonso Maria de Ligório realizou nessa segunda (24/12/18), a tradicional "Missa de Natal", celebração que atrai milhares de católicos anualmente. 

As celebrações foram presididas pelo nosso pároco, Monsenhor Lucas e aconteceram nos horários habituais, na Igreja de Santo Agostinho às 17:30 e na Matriz de Santo Afonso às 19:00.
Foram as últimas Missas de Natal celebradas por Monsenhor Lucas, como pároco da nossa Paróquia.
Emocionado, mas feliz, o pároco voltou a comunicar à comunidade sua decisão, acatada pelo Arcebispo da Arquidiocese de Natal.

Ao decorrer da celebração, uma pequena imagem do Menino Jesus foi entronizada no altar.

No momento da reflexão, Monsenhor Lucas refletiu sobre a presença de Maria, Mãe de Jesus e da Igreja e o exemplo de humildade e simplicidade que este gesto representa.

As duas igrejas estavam superlotadas e ao final das celebrações, Monsenhor Lucas agradeceu a presença de todos.

Registramos o retorno do querido Diácono Eugênio Lima, após recuperar-se de problema de saúde, onde ficou internado por alguns dias, na celebração da Matriz de Santo Afonso. Os Diáconos João Batista e Hélio também auxiliaram no altar nessa celebração.

Fotos - Aluizio Filho - agente da Pascom


23/12/2018 Missa do Natal do Menino Jesus
20/12/2018 Padre Matias emite nota, após nomeado pároco de Santo Afonso
11/11/2018 Eliane Ribeiro participará do NightFever Natal na Igreja de Santo Agostinho
Ver todos

Horário das missas

Igreja Santo Afonso

Segunda a sexta19h
Domingo8h - 19h

Igreja Santo Agostinho

Terça a sexta17h30
Sábado19h30
Domingo11h - 17h30

Capela do Campus

Domingo7h30 - 18h30 - 20h

Santos do dia

Santo Antão - Exemplo de castidade, obediência e pobreza (17/01)

Santo Antão, construiu muros em um cemitério e viveu na penitência e na med

ler mais






Paróquia Santo Afonso
Av. Santos Dumont, S/N, Mirassol, Natal-RN afonsinforme@gmail.com
Tel: 84 3615-2855
January 17, 2019, 9:28 am

kflauber@gmail.com